O MacGuffin: Il stronzo

segunda-feira, setembro 22, 2014

Il stronzo

Miguel Esteves Cardoso sobre o livro de João Magueijo:
"Os jornalistas ingleses reagiram bem a um resumo do livro Bifes Mal Passados de João Magueijo (J.M). Ficaram levemente surpreendidos mas divertiram-se com a lata do homem. Pudera: não chegaram a ler a porcaria do livro. 
Só Rod Liddle no Spectator borrou a pintura ao dizer que o único prato que Portugal deu ao mundo foi o bacalhau que descreve como "nacos de bacalhau fresco congelado em molho de queijo servido com puré instantâneo". Fica convidado a vir comer uma posta de bacalhau com este seu leitor. 
Imagine-se o sarrabulho que não seria se um cientista inglês, empregado por uma universidade portuguesa durante 25 anos, escrevesse um livro em inglês dizendo que todas as portuguesas são rameiras deslavadas, que os portugueses são bêbados obesos e que a comida é de carregar pela boca. Pois é. 
O mal do livro é a falta de originalidade. Tudo o que ele diz sobre os ingleses e a Inglaterra já foi escrito, com maior violência e elegância, regularmente, repetitivamente, por jornalistas como Auberon Waugh (1934-2001), Richard Ingrams, Digby Anderson e Theodore Dalrymple, só para falar nos mais divertidos. 
O livro de J.M não tem sentido de humor. É uma birra boçal e entediante. Esforça-se para chocar mas, para chocar, é preciso prender a atenção. E toda a atenção já foi ocupada pela inanidade do que diz e pela falta de jeito para escrever. 
Magueijo nada aprendeu com os ingleses. Como conseguiu? É porque o gajo não lê. Só pode ser isso."
(no Público) 
 

2 Comentários:

Blogger margarida disse...

Uma pessoa fica envergonhada. Ele sai de casa? Porra, pá! :(

3:07 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

O que é que o Magueijo terá feito ao Miguel? Ou será apenas dor de cotovelo por o Miguel saber que o seu QI ao lado do QI do Maqueijo não se distingue do QI dum galináceo?
José

8:55 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Powered by Blogger Licença Creative Commons
Esta obra está licenciado sob uma Licença Creative Commons.