O MacGuffin: Como diria João César Monteiro, eu quero que o Vasco Câmara se...

sábado, maio 19, 2012

Como diria João César Monteiro, eu quero que o Vasco Câmara se...

Escreve Vasco Câmara, no Público, a propósito de Moonrise Kingdom, o último filme de Wes Anderson, em jeito de lamento:

«Mas não parece que algo de substancialmente diferente lhe aconteça [ao cinema de Wes]»

Vamos lá ver se nos entendemos. Eu não quero que, ao cinema de Wes Anderson, aconteça algo de «substancialmente diferente». Quero que continue a ser «beige», nostálgico, naive, repleto de adultos a ruminar depressões e teenagers a apanhar papeis. Quero que rime com bombazine, camisolas de gola alta, copos de leite e torradas. E quero o Bill Murray o mais cool possível no meio dos psicodramas levados à cena pelo senhor Anderson. Pode ser? Óptimo.


1 Comentários:

Blogger Lourenço Cordeiro disse...

A crítica sempre gostou da reinvenção constante, não há nada a fazer.

11:10 da manhã  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Powered by Blogger Licença Creative Commons
Esta obra está licenciado sob uma Licença Creative Commons.