O MacGuffin: Next stop: Paris?

sexta-feira, julho 15, 2011

Next stop: Paris?

Consta que o Sr. Carlos Reis - perdão, o Sr. Prof. Dr. Carlos Reis (o respeitinho é muito bonito) - abandonou o cargo de reitor da Universidade Aberta, que cumpria com grande motivação e (quase) exclusiva dedicação. Inteligente como é, homem do mundo e arredores, duas hipóteses se podem, desde já, aventar: 1) novo tacho em território nacional, já previamente (leia-se «no ancien régime do senhor engenheiro») alinhavado; 2) estudos em Paris, na companhia de um, digamos, amigo. Seja lá o que for, boa sorte ao Sr. Prof. Dr. Carlos Reis (ou como diria o Dr. Almeida Santos, «um professor doutor de Coimbra, meu Deus!»).


PS: Voz amiga alertou-me, ao telefone, para a natureza «excessiva» deste post. Ao que tudo parece indicar, o dito encerra «veneno» e «maledicência» gratuita. Expliquei-me. Disse-lhe que detesto esta espécie de príncipe da academia lusa há muitos, muito anos. O dito ódio teve origem num programa televisivo moderado por António Santos (circa 1990), sobre o acordo ortográfico (ao qual fiz referência aqui), onde «conheci» o Prof. Carlos Reis mais a sua arrogância e vaidade. Acentuou-se com as presenças avulsas do dito professor na televisão, onde defendeu sempre o contrário do que eu defendia (até aí nada de mal), mas fazendo-o sempre como quem estava oficialmente a representar a Razão contra a imbecilidade dos ignaros que dele discordavam. E culminou com os episódios envolvendo Maria Filomena Mónica, quando esta se «atreveu» a penetrar na coutada queirosiana do Prof. Reis. É, pois, ódio antigo. De estimação. Defeito meu.

1 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Acho o seu post muito comedido.

4:35 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Powered by Blogger Licença Creative Commons
Esta obra está licenciado sob uma Licença Creative Commons.