O MacGuffin: Ainda o debate

domingo, maio 22, 2011

Ainda o debate

Sobre o debate da passada sexta-feira, diz Inês Pedrosa (ao Correio da Manhã): «Claramente ganha Sócrates, porque consegue dizer mais em menos tempo. Passos Coelho adoptou uma estratégia de ataque, mas não apresentou programa.»

Qualquer criatura provida de um intelecto não engajado politicamente na encantatória, embora patética, «narrativa» do PS («narrativa» alcançou o mesmo estatuto de «assertiva», «urdidura», «janela de oportunidade» e «zona de conforto»), jamais poderá dizer que Sócrates ganhou o debate. Posso respeitar, ainda que a muito custo e ressalvando que «respeitar» não é sinónimo de «concordar», que se diga: houve um «empate». Afirmar que «Sócrates ganhou claramente» pertence já ao restrito e selecto campeonato dos suicidas. Neste caso, já não se está na presença de engajamentos ou de cedências à ladainha confrangedora do ainda primeiro-ministro. Trata-se de abraçar o harakiri intelectual como forma expedita de desprendimento em relação à realidade e à verdade (género «não quero saber do assunto e quero que todos morram»). Ou, nos casos mais benignos, de gozar com «tudo isto» («tudo isto» significa «o país» mais as suas proeminentes figuras). Se for este o caso, devo avisar a escritora Inês Pedrosa de que conseguiu arrancar-me uma gargalhada - o que, por estes dias, já não é mau. Se não for esse o caso, aconselho a escritora Inês Pedrosa a não exagerar em Fernando Pessoa. De tão enfronhada está, já nem o mostrengo consegue ver.



CESOP/Católica, 21 Maio, N=659, Tel.


Quem esteve melhor no debate?
Passos Coelho: 46,4%
José Sócrates: 33,9%
Empate: 12,7%
Ns/Nr: 7%


O debate contribuiu para definir o seu sentido de voto?
Não: 59,3%
Pouco: 8,6%
Contribuiu ou contribuiu muito: 32%


Quem apresentou as melhores propostas...
Para relançar a economia?
PPC: 50,5%
JS: 25,3%
Ns/Nr: 24,1%


Na saúde?
PPC: 44,6%
JS: 32,2%
Ns/Nr: 23,2%


Para melhorar a vida dos portugueses?
PPC: 47,8%
JS: 23,1%
Ns/Nr: 29,1%

1 Comentários:

Anonymous João Sousa disse...

A D. Inês Pedrosa decidiu ser mais rangeliana do que o próprio Emídio Rangel.

9:08 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Powered by Blogger Licença Creative Commons
Esta obra está licenciado sob uma Licença Creative Commons.