O MacGuffin: Perdeu a graça

domingo, setembro 18, 2011

Perdeu a graça

Qualquer módico de graça que a descontraída, desavergonhada e provocadora, embora não raras vezes boçal e mal-educada, postura de Alberto João Jardim fazia planar sobre a cinzenta, amorfa e patética política portuguesa, acabou de se extinguir. O que se passou nas contas da Madeira não pode deixar ninguém indiferente. O habitual encolher de ombros que tendíamos a fazer perante as diatribes de Alberto João, deixou de servir. Mais ainda no caso dos que tanto se revoltaram contra a forma como o senhor engenheiro geriu os dinheiros públicos e fingiu que o dinheiro seria infinitamente elástico. Dito isto, não deixa de ser pateta e patética a forma como os socráticos reclamam, agora, que se acabe com a contumácia e se apurem responsabilidades. Após sete anos de emudecimento no «contnente». Não se enxergam.

1 Comentários:

Anonymous Bento Caraças disse...

Indiscutivelmente!
Basta de impertinências insulares e de condescendências cúmplices dos que manhosamente conviveram com a coisa.
Estamos fartos!

Bento Caraças
http://www.tiraocavalodachuva.blogspot.com/

7:33 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Powered by Blogger Licença Creative Commons
Esta obra está licenciado sob uma Licença Creative Commons.