O MacGuffin: Doutrina Louçã

terça-feira, janeiro 25, 2005

Doutrina Louçã

No debate entre Portas e Louçã, ficámos a saber que o dirigente e candidato a primeiro-ministro do Bloco de Esquerda – o partido da Verdade, da Gravidade e da Integridade – defende que se deve vedar, ou no mínimo menosprezar, a opinião dos que, nunca tendo concebido um filho ou participado na concepção e criação de um petiz, se atrevam a discorrer sobre a temática da IVG, vulgo «aborto». Parafraseando o douto líder, quem nunca teve um filho não só não sabe o que é o sorriso de uma criança como não está habilitado a falar sobre o assunto. Isto, presumo, atira para a sarjeta a opinião, por exemplo, das meninas BE que, para além de continuarem a mandar na sua barriguinha, nunca assistiram ao rebentamento das suas próprias águas. Perdão? Parece que não. A doutrina Louçã só se aplica aos que são contra o aborto (seja quais forem as razões: sérias, menos sérias, de princípio, etc.). Os virgens em matéria de concepção que sejam a favor do aborto, já podem dizer o que lhes aprouver. Tomámos nota, pastor Louçã.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Powered by Blogger Licença Creative Commons
Esta obra está licenciado sob uma Licença Creative Commons.