O MacGuffin

segunda-feira, setembro 06, 2004

E AGORA?
Jorge Mourinha diz-me que o mais recente Blue Nile, High, é "epifânico". Que é “muito provavelmente, o (meu) álbum do ano até ver” (cf. Blitz da passada terça-feira).

Já o leitor José Cruz avisa-me, aflito, ”evite absolutamente o High. Aquilo a que nos habituámos no grupo e de que Over the Hillside é só um exemplo - a música feita detidamente; o nobre e rigoroso artesanato posto em cada acorde, em cada passo, em cada letra; a luxuosa e profunda simplicidade - tudo isso foi traído em High. Os rapazes sairam-se com um rosário de imitações desinspiradas e preguiçosas dos seus melhores momentos. Traíram o seu tempo de criação, traíram o seu alto grau de exigência, traíram as memórias e a nostalgia dos admiradores. Ouvi aquilo incrédulo e depois zangado. Não sei o que lhes deu. Parti o CD, nem o devolvi à Amazon, não fosse alguém comprá-lo usado.”

Em que é que ficamos? Lá mais para o final da semana, direi de minha justiça (isto se o carteiro não se atrasar, já que, da parte da Amazon, a coisa raramente falha.)


0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Powered by Blogger Licença Creative Commons
Esta obra está licenciado sob uma Licença Creative Commons.