O MacGuffin

quinta-feira, junho 26, 2003

HOPPER

O FJV, no Aviz, diz: ”Eu fico sempre sem saber se alguém gosta de Hopper.”
Are you kiddin’ me? A carga psicológica da representação realista de Hopper é única. Como afirmou Renner, os quadros de Hopper encenam já uma reacção do observador, criando uma espécie de «innertext» cujo significado só se demonstra no acto da percepção. Eu pergunto: quantos foram os que, como Hopper, souberam pintar o vazio suspenso e a solidão inerente ao quotidiano do ser humano?


0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Powered by Blogger Licença Creative Commons
Esta obra está licenciado sob uma Licença Creative Commons.