O MacGuffin: O comando ainda não é MEO

sábado, outubro 25, 2008

O comando ainda não é MEO

Ainda aguardo a instalação do MEO chez moi. A coisa dura há cerca de um mês. Há cerca de uma semana, tive em casa um senhor da Visabeira, que pegou ao trabalho às 15h e só nos deixou por volta das 00:30 do dia seguinte. O diálogo seguinte deu-se por volta das 23:30, com os personagens sentados cada um na sua cadeira:

Eu: Pois é...
Senhor da Visabeira: É verdade...
A minha mulher: ...
Eu: Então e o senhor é daqui?
Senhor da Visabeira: Não, não. Sou do Norte.
A minha mulher: Ainda regressa a casa hoje?
Senhor da Visabeira: Não, não. Estamos todos a dormir num estaleiro em Estremoz.
Eu: Estou a ver... E a ligação: está difícil, não?
Senhor da Visabeira: Faltam-me as chaves de uma caixa no exterior.
Eu: Ah...
Senhor da Visabeira: Sabe, hoje é o primeiro dia que trabalho sozinho, por minha conta.
Eu: Não me diga...
Senhor da Visabeira: O meu colega - que está ali noutra obra - deve estar a chegar com as chaves.
Eu: Óptimo, óptimo...

(três quartos de hora depois)

Senhor da Visabeira (ao telefone): Então pá?! Onde estás? Ah... Sim, estou a ver. Ok. (desliga o telefone) Olhe, peço desculpa mas o meu colega esqueceu-se de mim. Venho cá amanhã.

Penso que vai ser na próxima terça-feira, a fazer fé nos senhores da PT, nos senhores da Visabeira e no comunicado mental emitido por Santa Dinfna, padroeira dos loucos, epilépticos, endemoninhados, possessos e sonâmbulos.

(Escrito a partir do computador pessoal de um casal amigo. E caridoso.)

1 Comentários:

Blogger Jorge Miranda disse...

Acontece... Não comprou o MEO na VIZELAFONE!

11:05 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Powered by Blogger Licença Creative Commons
Esta obra está licenciado sob uma Licença Creative Commons.