O MacGuffin

sexta-feira, agosto 01, 2003

BOB HOPE (1903-2003)
O meu amigo Luis Martins fez-me chegar, via email, algumas pérolas do mestre Hope. Não resisto a publicá-las:

“Morrer é algo a evitar - pode arruinar uma carreira inteira"

"Não me sinto velho. Não sinto nada até ao meio-dia. É quando chega a hora da minha sesta"

"Sabemos que estamos a ficar velhos quando as velas custam mais que o bolo"

"Os meus pais eram ingleses. Eram demasiado pobres para ser britânicos. E eu ainda tenho um pouco de britânico em mim - o meu grupo sanguíneo é marmelada sólida"

"Cresci com seis irmãos. Foi assim que aprendi a dançar - à espera da casa de banho"

"Haverá sempre uma Inglaterra, mesmo que fique em Hollywood"

"[Watergate] Deu à política suja má reputação"

"[Jimmy Carter] É um homem deveras religioso. Sempre que como um amendoim, sinto-me imortal"

"[Aos soldados americanos no Alasca] Sejam felizes, rapazes. Tenham orgulho! Vocês sabem o que são: são as pessoas que Deus escolheu congelar"

"Se assistimos a um jogo, é divertido. Se o jogamos, é recreio. Se fazemos dele profissão, é golfe"

"O banco é um lugar onde nos emprestam dinheiro se conseguirmos provar que não precisamos dele"

"Ela disse que se estava aproximar dos 40 e eu não pude deixar de imaginar de que direcção vinha"

"A boa notícia é que Jesus vai voltar. A má é que ele está muito zangado"

"Sempre pensei que o 'Garganta Funda' fosse um filme sobre uma girafa"

Até sempre, Bob.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Powered by Blogger Licença Creative Commons
Esta obra está licenciado sob uma Licença Creative Commons.