O MacGuffin: Post scriptum (a propósito de uma conversa tida há minutos)

quinta-feira, dezembro 23, 2004

Post scriptum (a propósito de uma conversa tida há minutos)

Para aqueles que pensaram que o meu anterior post não passou de uma forma mais ou menos difusa e levemente patética de chamar a atenção sobre a minha pessoa e o meu blogue, pedia o obséquio de mentalmente se tratarem. Pelo menos, lavem a cabeça.

PS: para que não haja confusões, o que acabei de escrever não tem nada que ver com o que o João Pereira Coutinho escreveu. São outras questões, outras pessoas, outros «domínios». Só posso agradecer ao João as suas amáveis (e exageradas) palavras.

Para quem não sabe - que é o mesmo que dizer “para quem nunca me tenha lido” – o João é das poucas pessoas que contínuo a respeitar incondicionalmente. A cumplicidade que com ele mantenho é, diria, única. Mais: mesmo à distância, tenho nutrido por ele uma grande amizade (que nunca, aliás, procurei saber se era correspondida: na amizade, repudio cobranças e cobradores). Talvez tudo isto explique a razão porque fiquei emocionalmente combalido com as suas palavras (coisa de «roto», eu sei, mas não há que escondê-lo), para além de speechless. Uppercut, seguido de hook com direito a beijar o chão. Terei, agora, com tempo, de encontrar as palavras certas para uma resposta/comentário à altura. Como vêem, não consigo parar. Não me deixam...




0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Powered by Blogger Licença Creative Commons
Esta obra está licenciado sob uma Licença Creative Commons.