O MacGuffin: A GENTE É QUE NÃO ESTÁ A VER O FILME

quarta-feira, outubro 13, 2004

A GENTE É QUE NÃO ESTÁ A VER O FILME

A Nobel da Paz, para além de aparentemente ter reflorestado a totalidade do continente africano, é também conhecida pelo tipo de afirmações que normalmente excitam os membros da academia sueca.

Diz a Sra. Maathai que o vírus da SIDA foi criado por cientistas brancos com o intuito de destruir a raça negra. E diz mais:

”Us black people are dying more than any other people in this planet.[sic] It's true that there are some people who create agents to wipe out other people. If there were no such people, we could have not have invaded Iraq. We invaded Iraq because we believed that Saddam Hussein had made, or was in the process of creating agents of biological warfare. In fact it [o virus HIV] is created by a scientist for biological warfare. Why has there been so much secrecy about AIDS? When you ask where did the virus come from, it raises a lot of flags. That makes me suspicious.”

A Sra. Maathai acha, também, que todo o mal do mundo tem origem no diabólico imperialismo americano. Até os fundamentalistas muçulmanos de origem árabe, que levam a cabo genocídios em Darfur e noutras paragens da Africa subsariana, saem incólumes na boca da Sra. Maathai:

”The carnage goes on in Somalia, Rwanda, Liberia and in the streets of many cities. People of Africa continue to be sacrificed so that some factories may stay open, earn capital and save jobs.”

É por demais evidente que a Sra. Maathai é uma alienada e a academia um albergue de meninos ricos que precisam recorrentemente desta ladainha para sossegar a sua insana má consciência.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Powered by Blogger Licença Creative Commons
Esta obra está licenciado sob uma Licença Creative Commons.