O MacGuffin: Dezembro 2006

sábado, dezembro 23, 2006

Estimados clientes

A Gerência deseja a todos um santo Natal e um próspero Ano Novo.

Prometemos regressar em força em 2007.


(espero que com o cão não embirrem, já que com o Pai Natal e o menino Jesus e o presépio é o que se sabe...)

domingo, dezembro 17, 2006

António

A 20 de Setembro deste ano, enviou-me uma pequena missiva:


A Terra Prometida
Ao ler os textos de “Compreender Israel I e II” vem em conta com o pensamento de cada vez mais pessoas “civilizadas” (entende-se por: educadas, com uma noção histórica de mais de 32 anos, com conhecimentos de geografia e de geopolítica, origem das religiões monoteístas e acima de tudo BOM SENSO). É lógico que este tipo de padrão não é comum em Portugal, bem pelo contrário, mas ainda assim é possível ver que de uma forma pedagógica e educada, alguns “cidadãos” (entende-se por: pessoas civilizadas) dão um pouco do seu tempo a explicar as razões de ser de um povo, e a legitimidade de um país que sempre existiu na alma de um povo.

António Braga de Carvalho

P.S. – Já ouvi falar de si pela Anabela, um dia destes terei o prazer de o conhecer.

Nessa altura, ainda não nos tínhamos conhecido pessoalmente. Infelizmente, acrescento eu. Porque, (só) há cerca de um mês, conheci o António e percebi, ao fim de poucos minutos, que estava na presença de uma pessoa de qualidade superlativa. O António era daquelas pessoas cuja força e alegria de viver eram contagiantes. Ao pé dele, ninguém podia ou conseguia estar triste. Tinha um daqueles olhares transparentes e sinceros, que desarmava formalismos e opacidades defensivas. Era fácil ser amigo do António porque, do António, o sentido de amizade era second skin.

Há uma semana, o António morreu. Num acidente estúpido e, até à data, inexplicável. Deixo aqui este pequeno apontamento. Para a memória.


O óbvio ululante

Peço desculpa, mas vou dizê-lo pela enésima vez: o Vasco Pulido Valente é genial.

quarta-feira, dezembro 13, 2006

Apelo!!!

Por culpa de uma certa e determinada comadre (que só ligou hoje de manhã para me dizer “então, pá, viste o MEC com o Rui Ramos ontem?”), não vi o programa de ontem Portugal de… com o Miguel Esteves Cardoso. Estou, como devem calcular, desolado. Alguma alma caridosa estará na disposição de me remeter a gravação do dito? Se sim, entre em contacto comigo através do mail em epígrafe. Obrigado.

Abriu uma coisa linda...

Em Évora. A Que Sabe a Lua: livraria infanto-juvenil, brinquedos, acessórios de moda, artigos de design, cafetaria, acessórios para casa (utilitários e inutilidades), etc. etc. Ou seja: para miúdos, graúdos e assim-assim. E já tem blogue.


Powered by Blogger Licença Creative Commons
Esta obra está licenciado sob uma Licença Creative Commons.